Passar para o conteúdo principal

Políticas comerciais e integração regional em África

tablette

O comércio intra-africano e as relações comerciais do continente com o resto do mundo estão em mutação acelerada. Este capítulo é composto por cinco secções e centra-se na diversificação dos produtos e parceiros comerciais de África, bem como no potencial de progresso no futuro. Analisa a evolução económica global, explica as oito comunidades económicas regionais, as suas políticas e iniciativas de integração, e avança com ideias sobre como o setor privado em África pode capitalizar as oportunidades apresentadas pelas cadeias de valor regionais e globais.

À medida que o mundo evolui para um único mercado global interconectado, a prosperidade já não depende apenas da produtividade de um país, mas também da escolha estratégica dos seus parceiros comerciais, dos produtos de exportação e das políticas nesta área. O crescimento em África, nos últimos anos, foi apoiado por avanços no comércio, nas políticas, no ambiente
regulador e na integração regional.

No entanto, o impacto alargado e desigual dos choques nos preços das matérias-primas e as críticas ao sistema mundial de comércio aumentam a incerteza sobre o futuro. É necessário que os países utilizem da melhor forma a globalização, o que pode ser feito por meio da diversificação do seu comércio para além dos recursos naturais e aumento do comércio intraafricano. As mudanças económicas e políticas na China e nos Estados Unidos terão efeitos diversos no comércio do continente africano mas, para contrariar os riscos existentes, África deverá levar a cabo reformas estruturais e regulamentares, melhorar as políticas e o clima de investimento, aprofundar a integração regional e manter o seu compromisso de realização
de reformas. As comunidades económicas regionais africanas têm uma importância fundamental no reforço das economias e da resiliência contra os choques globais. É necessário, assim,
um maior compromisso político, especialmente no plano nacional para atualizar os acordos de integração regional. A Zona Continental de Comércio livre proposta poderá gerar grandes ganhos comerciais e impulsionar outros objetivos de desenvolvimento.

Comunicado de imprensa

Realizar o potencial dos empreendedores africanos para acelerar a transformação industrial de África, é o que afirma o relatório Perspetivas Económicas em África 2017

Sobre

AfricanEconomicOutlook.org  é a mais recente evolução do relatório anual Perspectivas Económicas em África, trazendo o seu conteúdo confiável e de alta qualidade à era digital.